A pedido de Emmerson Nogueira, artista cria grafite em homenagem a Milton Nascimento e Clube da Esquina

0
6391

PAISAGEM DO GRAFITE

A convite do músico Emmerson Nogueira, o Portal SJ Online visitou o Estúdio Versão Acústica para acompanhar os últimos traços do grafite de 40  criado em homenagem a Milton Nascimento e o Clube da Esquina, obra do artista recifense Max Motta.

 

Os detalhes você confere no vídeo.  Aperte o play e aumente o som!

Max Motta nasceu na periferia de Recife (PE). Aos 13 anos, descobriu o grafite e a paixão pelo desenho. Buscou aprender a técnica e não parou mais! Estudou, virou profissional da arte e está ganhando o mundo. Hoje vive em Belo Horizonte, onde trabalha como tatuador e ilustrador de superfícies em geral.

Emmerson Nogueira é músico e produtor musical. Um dos grandes expoentes da música mineira, recorde de bilheteria em shows pelo Brasil, Emmerson é reconhecido pela inconfundível voz rouca, estilo próprio e belos arranjos musicais que constrói junto com sua equipe. O volume 5 de sua obra consagrada, Versão Acústica, celebra os 15 anos de carreira desse artista sãojoanense.

Club da esquina

Clube da Esquina é o álbum do coletivo de músicos mineiros conhecidos como Clube da Esquina, liderado pelos cantores e compositores Milton Nascimento e Lô Borges. O disco foi lançado, no Brasil, em LP, em 1972, pela EMI-Odeon.




Clube da Esquina chamou a atenção pelas composições engajadas e a miscelânea de sons. A capa traz a foto de dois meninos, Cacau e Tonho, fotografados em uma estradinha de terra nas proximidades de Nova Friburgo, região serrana do Rio de Janeiro, próximo de onde moravam os pais adotivos de Milton Nascimento.

O LP foi eleito em uma lista da versão brasileira da revista Rolling Stone como o 7º melhor disco brasileiro de todos os tempos.

 

Por Diego Camilo

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Entre com seu nome por favor